Exportação

A Torcetex, com apoio da APEX Brasil, iniciou o projeto Torcetex Export! Este projeto visa a expansão dos seus negócios a nível internacional, buscando novas alianças comerciais e o crescimento da empresa.

Neste processo enfatizamos a filosofia de trabalho Kaizen de melhoria contínua, investimentos na automação de máquinas e ajustes de processos, bem como outras ferramentas administrativas que nos auxiliam na busca de nossos objetivos.

Vantagens

Os incentivos fiscais são benefícios destinados a eliminar os tributos incidentes sobre os produtos nas operações normais de mercado interno.
Quando se trata de uma exportação, é importante que o produto possa alcançar o mercado internacional em condições de competir, portanto, a compensação dos impostos internos são essenciais:

  • IPI - Os produtos exportados não sofrem incidência do Imposto Sobre Produtos Industrializados;
  • ICMS - O Imposto Sobre circulação de Mercadorias e Serviços não incide sobre operações de exportações;
  • COFINS - As receitas decorrentes da exportação, na determinação da base de cálculo da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social são excluídas;
  • PIS - As receitas decorrentes da exportação são isentas da contribuição para o Programa de Integração Social;
  • IOF - As operações de câmbio vinculadas à exportação (serve também para outros bens e serviços) têm alíquota zero no Imposto sobre Operações Financeiras.

Por que exportar?

            Os avanços da tecnologia permitem comunicações imediatas com as mais distintas regiões do planeta, possibilitando que os mais diversos negócios sejam efetuados, diariamente, com empresas de variados e distantes. No passo, a indústria nacional era protegida por barreiras que já não existem.

            Isso faz com que empresas estrangeiras possam vir concorrer com as empresas brasileiras dentro de nosso próprio País.

            A internacionalização leva ao desenvolvimento da empresa, pois a obriga a modernizar-se, seja para conquistar novos mercados, ou seja para preservar a sua posição no mercado interno.

            Neste sentido, o comércio exterior adquire cada vez mais importância para o empreendedor que queira realmente crescer, assim como para a economia brasileira, mediante o ingresso de divisas e geração de emprego e renda.

Dica

            Lembre-se de se posicionar como quer exportar, por preço ou por valor percebido? Isso faz toda diferença para alcançar o sucesso!